Os maiores financiamentos coletivos do Brasil

Share Button

FinancColetivoConsiderando apenas Boardgames, Cardgames, RPGs e HQs (essas coisas que a gente gosta), decidi fazer uma lista dos maiores financiamentos coletivos no Brasil.

O Catarse ainda é o maior veículo de financiamento para estes jogos, embora o Kickante já esteja aparecendo entre os grandes.

Com certeza devo ter me esquecido de alguns. Neste caso é só comentar abaixo que eu corrijo.

Violentina tem o grande mérito de ter sido o carro abre alas dos financiamentos coletivos no Brasil. Por isso fiz questão de incluí-lo. Eles usaram o Idea.me.

Outro destaque entre os RPGs é a New Order Editora, que tem se valido com sucesso desta ferramenta, tendo trazido o Numenera (Monte Cook) e o Yggdrasil (sucesso francês), e com outros projetos a caminho, um deles o A Lenda dos Cinco Anéis (4ª edição), muito embora este último não será por financiamento. De qualquer forma, fiquem de olho nesta editora.

A licença de A Lenda dos Cinco Anéis estava com o Cláudio Muniz. Ele tentou financiar duas vezes, fracassando nas duas. A última, em 2012, fracassou atingindo apenas 4% da meta. Aí em 2014 entrou a New Order, que adquiriu os direitos direto da editora Alderac Entertainment Group. [Obrigado a Anesio Vargas Junior e a Alexandre Manjuba Seba da New Order Editora por esta correção].

Entre os produtores de boards e cards, temos o Daniel Alves (amigo do famoso Jack, o Explicador) que desponta como um grande projetista de jogos, já com dois grandes sucessos de bilheteria. E, é claro, a Kalango Analógico, com dois jogos muito criativos!

Essa lista nos mostra um forte interesse entre nós pelos board e cardgames, em detrimento de RPGs. O que explica o marasmo de certas editoras em publicar novos RPGs no Brasil. Apenas as editoras fora do mainstream tem trazido jogos novos, indies. Daemon Editora (Trevas) e Devir Livraria (GURPS, D&D, Mundo das Trevas) praticamente abandonaram suas linhas, muito embora Marcelo Del Debbio (da Daemon) esteja ensaiando um retorno, a passos lentos, ao cenário RPGístico. Num comentário recente no facebook, grupo Trevas, Del Debbio teria dito:

Sempre tem de lembrar as sabias palavras do Norson que a função de uma editora de RPGs é “ganhar dinheiro”, não “publicar RPGs” rsrsrsrrs A Enciclopédia de Mitologia vendeu mais de 9.000 exemplares e só o jogo Pequenas Igrejas Grandes Negocios faturou mais de 140.000 em 2 meses. A Linha de RPG da Daemon é que está meio parada, não a editora. 😉

Isso explica tudo. É uma realidade já nos EUA também: o decréscimo das vendas de livros físicos e a ascensão dos RPGs eletrônicos. A Steve Jackson Games há poucos anos comentou que GURPS quase não vende mais em livros, o grosso das vendas é em PDF, e GURPS já não é mais o carro chefe da editora, e sim o boardgame Munchkin.

PS.: destes da lista participei de três deles (Caçadores da Galáxia, Chamado de Cthulhu e Egum).

Projeto Produtora Arrecadação / Meta / Desempenho
Apoio Plataforma
Masmorra de Dados (Boardgame) Daniel Alves; Histeria Games; Taberna do Dragão R$242.099 / R$20.000 / 1210% 1309 Catarse
Caçadores da Galáxia (Boardgame) Daniel Alves; Histeria Games; Taberna do Dragão R$218.673 / R$25.000 / 875% 1057 Kickante
Runicards: Dungeons – Desafios do Deserto (Cardgame) Kalango Analógico R$194.460 / R$28.000 / 695% 1173 Kickante
Pequenas Igrejas, Grandes Negócios (Boardgame) Daemon Editora R$92.750 / R$29.000 / 319% 592 Catarse
Última Fortaleza (Boardgame) Kalango Analógico R$76.809 / R$44.000 / 174% 449 Catarse
Numenera (RPG) New Order Editora R$76.426 / R$40.000 / 191% 601 Catarse
Selene – The Fantasy (Cardgame) Vacchi Consultoria em Negócios; The Castle Builder R$76.077 /R$35.000 / 217% 331 Catarse
Runicards (Cardgame) Kalango Analógico R$61.006 / R$12.000 / 508% 468 Catarse
Chamado de Cthulhu (RPG) Terra Incógnita Editora R$59.276 / R$38.000 / 155% 612 Catarse
10º Savage Worlds (RPG) Retropunk Editora R$53.975 / R$13.000 / 415% 481 Catarse
11º Butim (Boardgame) Papaya Editora R$48.000 / R$22.000 / 218% 335 Catarse
12º Crônicas (RPG) Pedro Xavier Borges R$44.736 / R$21.000 / 213% 371 Catarse
13º FATE (RPG) Solar Entretenimento R$43.660 / R$22.000 / 198% 439 Catarse
14º Yggdrasil (RPG) New Order Editora R$43.113 / R$25.000 / 172% 291 Catarse
15º Beladona (HQ) Ana Recalde; Denis Mello; AVEC Editora R$38.092 / R$30.000 / 126% 657 Catarse
16º Fields of Gore (Wargame) Riachuelo Games R$35.803 / R$25.000 / 143% 390 Kickante
17º Summoner Wars (Cardgame) Galápagos Jogos R$29.006 / R$11.000 / 263% 370 Catarse
18º Egum (HQ) Andre Luiz Alonso de Assis R$28.157 / R$24.000 / 117% 357 Catarse
19º Violentina (RPG) Eduardo Caetano; Secular Games R$9.192 / R$2.000 / 459% 116 Idea.me
Share Button
(Visitado 138 vezes, 1 visitas hoje)