Devir nunca mais: GURPS deixa de ser publicado pela editora

1ª edição brasileira

Em 1991 a Devir Livraria trouxe GURPS para o Brasil numa iniciativa do Douglas Quinta Reis. Ele nunca escondeu sua simpatia pelo sistema e já confessou em diversas entrevistas porque escolheu GURPS. Ele próprio traduziu o Módulo Básico, na época a famosa capa branca com um homem cor-de-rosa na frente. Em 1994 vem a edição revisada, a saudosa e famosa capa preta. Vocês podem ler um histórico das edições de GURPS bem aqui.

São 26 anos de GURPS no Brasil. Na década de 1990 ele chegou a ser o RPG mais jogado por essas bandas. Quando veio D&D e Vampiro: A Máscara ele perdeu o trono, mas continuou a ser um dos três RPGs mais jogados por aqui. A Devir fez MUITA coisa por GURPS no Brasil. Eu tenho 15 títulos de GURPS 3ª edição na prateleira, todos traduzidos, nem sempre de forma primorosa, mas traduzidos sem dúvida! Infelizmente também deixou de fazer muito por ele por MUITO tempo. Se passaram 6 anos entre o lançamento da 4ª edição nos EUA e da 4ª edição no Brasil em 2010. De lá pra cá, NENHUM suplemento foi lançado apesar de repetidas e cansativas promessas. A fé na Devir tinha acabado. Quando uma editora deixa isso acontecer, é melhor largar o osso. Foi o que ocorreu.

Devir jogou a toalha e afirma categoricamente que não mais publicará GURPS no Brasil. A notícia foi divulgada pelo amigo PL Madeira, no GURPS Group Brasil no dia 17 de janeiro deste ano. O PL também tem um blog de GURPS chamado NH uns 30, só clicar no banner dele na coluna da direita. Apesar de ser uma resposta informal (foi dada em privativo, em resposta a uma pergunta), cabe lembrar que a Devir nunca teve um bom histórico de fazer anúncios de suas ações. Assim é bom interpretar a resposta como um comunicado sério. Afinal, é alguém de dentro da Devir respondendo.

Por estranho que pareça, a notícia foi bem recebida pelos jogadores, que desejavam que a editora “largasse” o título para que outra editora pudesse assumir e dar maior atenção ao jogo. Chegou a ter mais de 100 curtidas no grupo e os comentários são de certo alívio, apesar das incertezas.

Não obstante a Devir tenha abandonado o título, no site da loja da editora ainda é possível encontrar o Módulo Básico: Personagens à venda. Possivelmente estão se livrando do estoque.

Vamos ver se alguém encampará o sistema. Existem alguns boatos de que há uma editora interessada. Ademais, recentemente uma “pesquisa de mercado” foi encomendada ao GURPS Group Brasil no Facebook, e acredito que devemos ter esperança.

É esperar pra ver.

(Visitado 1.045 vezes, 1 visitas hoje)

Daniel "Nerun" Rodrigues

Graduado em História (2003) e Direito (2009), ambos pela Universidade de São Paulo. Advogado por profissão, roleplayer por paixão. Além disso, sou nerd, numismata, colecionador de quadrinhos, fã de star wars e RPGista super fã de GURPS.

9 thoughts on “Devir nunca mais: GURPS deixa de ser publicado pela editora

  • 26/01/2017 em 08:10
    Permalink

    A loja virtual da Devir está fora do ar, em manutenção.

    Resposta
    • 26/01/2017 em 17:32
      Permalink

      Está sim, mas logo volta.

  • 26/01/2017 em 18:19
    Permalink

    Finalmente uma boa notícia Devir, deixem para os outros, que vão melhorar e muito o GURPS no Brasil! Uma nova fase está sendo escrita para aqueles que jogam o GURPS, saímos da escuridão e vamos contemplar a LUZ.

    Resposta
  • 30/01/2017 em 20:09
    Permalink

    Leio este artigo com um misto curioso de sentimentos… Uma série de lembranças pontuadas por diversos humores que acerta em cheio no peito: todas nutridas pelas partidas de GURPS nos sábados e domingos de 1994 a 1999. Da época, também guardo todos os suplementos traduzidos para nossa língua, e alguns em inglês, na velha estante.
    Nosso sistema “velho da guerra” marcou nossas vidas para sempre. Tanto que (aposto 3d6) muitos de nós devem até hoje avaliar pessoas (conhecidas ou não) em Níveis de Habilidade, Vantagens, Desvantagens… e Peculiaridades.

    Resposta
    • 31/01/2017 em 14:22
      Permalink

      Belo comentário Rodrigo, obrigado por postar.

  • 02/03/2017 em 10:03
    Permalink

    Mas e aí, vale à pena comprar os livros da quarta edição ou esperar uma nova editora assumir o sistema?

    Resposta
    • 02/03/2017 em 16:25
      Permalink

      Depende da pressa. A nova editora pode demorar muito pra publicar novos livros. E não há certeza 100% de que haverá uma nova editora. Esses livros que a Devir está vendendo são a edição revisada. Pelo menos o Personagens está revisado. Possui muito menos erros. Então vale à pena. E o preço está muito bom: apenas R$75 no Personagens (revisado) e R$71,50 no Campanhas (não revisado).

  • 01/01/2018 em 15:33
    Permalink

    Triste. Uma pena que não lançaram o magic 4th traduzido. Chegou ate ser prometido. Quem sabe numa próxima…

    Resposta
  • 19/02/2018 em 01:08
    Permalink

    Também no aguardo de suplementos traduzidos da quarta edição.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.