Autor: NerunInclui downloadSistema: Daemon

Daemon Módulo Básico Revisado

Esta é uma revisão “não oficial” do Módulo Básico do Sistema Daemon, publicado inicialmente em 2002 e novamente em 2004. Não é oficial porque não foi feito pela Daemon Editora, mas por mim. Ainda assim, é uma revisão honesta e fiel ao original.

Conteúdo

Esta distribuição visa prover arquivos editáveis e imagens do Módulo Básico para facilitar a vida dos escritores da Daemon, porque ficar copiando texto de PDF é dureza. Inclui as imagens também.

Todos os arquivos estão no formato ODT, do LibreOffice, mas qualquer MS Word da vida consegue abrir, só pesquisar no Google.

Conteúdo:

  • /1.01 – Pasta contendo os arquivos do Módulo Básico v1.01 de 2004, e todas as imagens. Eu JURO que foi só um copiar/colar, não alterei uma vírgula sequer. Inclusive você vai notar muitos erros de digitação. Isso sempre esteve presente ali.
  • /1.02 – Pasta com os arquivos editáveis da versão revisada. Veja notas a seguir.
  • /1.03 – Pasta com os arquivos editáveis da revisão da revisão. Veja notas a seguir.
  • /1.04 – Pasta com os arquivos editáveis da revisão da revisão da revisão. Veja notas a seguir.
  • Daemon v1.01 (2002).pdf – a primeira versão do arquivo, distribuída pela Daemon Editora em 2002.
  • Daemon v1.01 (2004).pdf – a última versão do arquivo, distribuída pela Daemon editora em 2004. Tenho a impressão que corrigiram alguns poucos erros e mudaram o layout e imagens, além de remover uma antiga referência à Trama Editorial. Esse é o arquivo que está disponível no site da Daemon editora e da RPG Wiki até hoje.
  • Daemon v1.01 (2021).pdf – ainda é a versão 1.01, com todos os seus erros presentes. É só a conversão para PDF do arquivo texto que fiz (copy/paste).
  • Daemon v1.02 (2021).pdf – a minha versão revisada.
  • Daemon v1.03 (2022).pdf – a segunda revisão.
  • Daemon v1.04 (2022).pdf – a terceira e mais recente revisão.
  • Ficha Genérica Daemon.pdf – ficha de personagem para imprimir.

Notas da revisão

O que eu fiz afinal?

1. Revisei todo o texto:

  1. corrigindo erros de digitação:
    1. palavras “coladas”, dois pontos em vez de um, falta de pontos no fim de alguns parágrafos, palavras grafadas erradas mesmo;
    2. Na página 17, de equipamentos: “Másca improvisada” foi corrigido para “Máscara improvisada”,  “Rapier” eu tive que traduzir para “Florete”.
  2. atualizando todas as grafias para o Acordo Ortográfico de 1990, obrigatório no Brasil desde 2016. Por exemplo: idéia, jóia, heróico, conseqüência, auto-descrever e  anti-tanque ficaram ideia, joia, heroico, consequência, autodescrever e antitanque.

2. Alterei um pouco o estilo:

  1. parágrafos que começavam logo após “:” tiveram a primeira letra posta em minúscula;
  2. caixa baixa em várias palavras: “Personagem” virou “personagem”, “Jogador” p/ “jogador”, “Background” p/ “background”, “Subgrupo” p/ “subgrupo”, mas “Mestre” ficou maiúsculo mesmo. E outras palavras tiveram o mesmo fim. Não havia necessidade de estarem em maiúsculas;
  3. palavras em inglês, com poucas exceções, ficaram todas em itálico, como background e roleplay.

3. Reformatei, porque era necessário, não dava pra deixar exatamente igual, mas mudei poucas coisas:

  1. subtítulos começam na margem, e não recuados como os parágrafos;
  2. um espaço antes de cada subtítulo, sempre que possível;
  3. mantive a fonte Garamond 12;
  4. as páginas espelhadas geram um bom resultado quando impresso frente e verso;
  5. reaproveitei imagens da versão de 2002, para preencher alguns vazios (páginas 13 e 29).

4. Modifiquei as Armas de Fogo, pág. 18, mas só porque era necessário:

  1. troquei todas as imagens. Coloquei imagens reais das armas, converti para escala de cinza, são imagens sem direitos autorais;
  2. havia um erro: a “Colt Python 6.6” estava repetida. Acho que só a Mitsukai reparou nisso e, no seu jogo “Imortal” (p. 127), removeu a repetição. Eu troquei a repetida pela “Colt Python 15.2”;
  3. removi a “Taurus MT12”, era boa, padrão da polícia e tal, mas era uma cópia da “Beretta M12”, a Taurus a produz sob licença no Brasil. Por serem MUITO parecidas decidi trocar por uma outra… a “Mossberg 500 Persuader”, que é uma CALIBRE 12! Sempre faltou uma 12 nessa lista!
  4. todas as estatísticas foram atualizadas para ficarem igual ao GUIA DE ARMAS DE FOGO 3a. edição (de 2001);
  5. traduzi ROF pra CdT, conforme GUIA DE ARMAS, e adicionei as características “Peso” e “Preço”.

OBS.: se alguém tiver o GUIA DE ARMAS DE FOGO 4ª edição (2007), e puder dar uma olhada nessas estatísticas pra ver se continuam iguais às da 3ª, eu agradeço.

5. Alterei o texto da primeira página radicalmente. Ele era bom, mas era ideal para os anos 2000. Estava datado demais. Atualizei os eventos, além de adicionar a recente “Licença Daemon v3.0”, aprovada pelo Marcelo Del Debbio, mas mantive a ideia por trás do texto de 2004, bem como os subtítulos.

6. No mais tudo igual. Quis atualizar a “Tabela de Avanço de Nível” da página 31, MAS ME CONTIVE E NÃO FIZ ISSO. Ela está bugada, eu expliquei isso nesse artigo: Daemon – o problema da progressão em nível.

Mas optei por não atualizar. A primeira razão é que isso diminuiria a aceitação dessa revisão. As pessoas preferem ter contato com o texto original, não com modificações não oficiais. A segunda razão é que isso me parece mais apropriado para um Daemon 4.0 ou Trevas 4ª edição, e não para uma revisão.

Notas da Revisão 1.03 (25/mar/2022)

1. Revisei a primeira página corrigindo as datas de publicação do Grimório. O Módulo Básico de 2004 estava certo, eu que errei. Também adicionei informações sobre a edição do SÓ AVENTURAS que incluiu o Sistema Daemon: eu pensei que não fosse verdade, que fosse coisa da cabeça do Marcelo Del Debbio, mas achei a revista! Mudei umas pequenas palavras e vírgulas na 1ª página também. Coisa besta. Também mudei quando Del Debbio dizia que “a cada mês um suplemento novo era lançado”. Eu fiz as contas e na verdade era a cada dois meses.

2. Substituí:

  • bem sucedido -> bem-sucedido
  • super herói -> super-herói
  • guarda chuva -> guarda-chuva
  • porcento -> por cento
  • alto astral -> alto-astral
  • backpack -> mochila

3. Na versão 1.02 eu disse:

“(2)(a) parágrafos que começavam logo após ‘:’ tiveram a primeira letra posta em minúscula;”

Pois é, fiquei impressionado com a quantidade de situações como essa que eu não percebi! Praticamente TODA a página de CONCEITOS,  fora uma página ou outra.

4. Na página 2, no final do 1º parágrafo, “Conceitos” foi alterado porque estava confuso. Esse parágrafo permaneceu confuso até mesmo no Trevas 3.ed. Foi corrigido no Anime RPG, no Anjos e Demônios. Eu usei um meio termo entre as soluções adotadas.

5. Na página 8, de ATRIBUTOS, atualizei a imagem. Se tratava do “Tetragramma Tonah”, achei uma imagem em melhor resolução. A original, usada desde 2002, estava bem borrada. Na RPG Wiki vocês encontram mais informações sobre essa imagem, e seus significados: Tetragramma Tonah.

6. Na página 9, sobre o algoritmo Daemon, acrescentei uma nota curiosa fornecendo as constantes “K” que nunca foram fornecidas pelo autor, mas que eu encontrei! Aha!

7. Na página 20, de REGRAS E TESTES, o nome do desenhista “Márcio Alexsunder” é usado como exemplo de jogador. Só que o nome sempre esteve grafado errado: o correto é “Márcio Alex Sunder”. Foi corrigido na RPG Wiki também!

8. Na página 30, de EXPERIÊNCIA, eu corrigi “15 o nível” para “15º nível”. Estava certo na versão original 2002/04, mas na minha revisão eu criei esse errinho. Desculpem!

9. Na página 31, na tabela, onde se lia: “…ganha apenas 1 Pontos de Vida e não outros 6!!!”, foi alterado para “…ganha apenas 1 Ponto de Vida e não outros 7!!!”. Pontos no singular (concordância). E 7 porque no 7º nível o personagem acumula 7 PVs e não 6. Em todo caso, o sentido não muda: os pontos são cumulados, é +1 por nível apenas. Curioso é que esse erro se apresenta em vários livros: Anime RPG, Cães de Guerra, Clube de Caça, Spiritum, Supers, Trevas 3.ed. e  provavelmente outros.

10. Revisei todo o texto corrigindo erros de pontuação, concordância e acentuação que me escaparam da revisão anterior. Tinha também um “exemplo” que deveria estar em itálico, pra ficar uniforme com o padrão do documento.

11. Pra finalizar, troquei aquela ficha toscona dos anos 2000 por uma que eu mesmo fiz, mais elegante.

Dessa vez tive que mudar a versão pra 1.03, já tinha muita coisa acumulada!

Notas da Revisão 1.04 (12/dez/2022)

  1. Reescrevi o final do 3º parágrafo da 1ª página, na parte que fala sobre as revistas SÓ AVENTURAS. Pesquisando vi que as edições 9 e 10 trouxeram uma versão simplificada do Sistema Daemon.

  2. Na “Licença Daemon” corrigi o copyright. A forma correta de se usar o copyright é colocar apenas o ano de iníco do direito autoral, e não um período. Estava 1998-2022, mas o correto é apenas 1998, quando a Daemon Editora comprou os direitos do sistema e ambientação.

  3. Na página 18, Armas de Fogo, tive que revisar todas as estatísticas porque não estavam iguais ao Guia de Armas de Fogo 3ª ed.:

    1. A CdT estava errada para algumas armas;

    2. A Glock 24 estava bastante errada: capacidades do pente e munição. Constava que era 9mm, mas na internet diz que é .40 S&W (que é 10mm), até o Guia de Armas tava errado.

    3. Troquei a Beretta M12 pela Taurus MT12 AD. É, eu sei. A usada no Brasil era a Taurus não a Beretta, além de ser mais moderna. Porém, mesmo isso está defasado, a PMESP já usa outra SMG…

>>> Daemon Módulo Básico revisado <<<

Mirror #1 – MEGA

Mirror #2 – Google Drive

(Visitado 1.267 vezes, 1 visitas hoje)

Daniel "Nerun" Rodrigues

Nerd, numismata, colecionador de quadrinhos, fã de star wars e RPGista super fã de GURPS e sistemas indies.

10 thoughts on “Daemon Módulo Básico Revisado

  • Cara, já venho acompanhando sua análise matemática faz um tempo, vejo que você consegue analisar bem o sistema daemon, do ponto de vista matemático. Dito isso, o Marcelo Del Debbio, comunicou que no próximo ano estará lançando uma nova edição do Trevas, provavelmente uma quinta edição. Você não pensou em entrar em contato com ele para ver uma possível parceria para melhorar o sistema não? Eu vejo que ele é muito assíduo na página do facebook do Trevas.

    Resposta
    • Oi Danilo! Obrigado!

      Eu saí do Facebook e das redes sociais como um todo. Me informo apenas pelos blogs agora. Nem tava sabendo que ele anunciou Trevas 5.ed. Mas seria legal. Vou mandar email pra ele um dia desses só pra ver se rola dar uns pitacos. Obrigado por avisar.

  • Francisco Félix

    Oi Daniel, o link do Google Drive tá pedindo permissão.

    Resposta
  • Darlan Miranda Moreira

    Muito, como fã o material ficou ainda melhor, desde já obrigado!

    Resposta
  • Oi, se possível me tira uma duvida. Eu sou novato no Daemon e o Narrador também está aprendendo na marra, basicamente.

    No combate, como eu uso a CON pra correr? eu converto a CON na tabela ou uso a CON*3 bruta mesmo?

    Resposta
  • Realmente parabéns pelo trabalho. Ter que diagramar e formatar todo o texto deve ter sido um trabalhão. Eu vou mestrar uma adaptação da franquia Resident Evil me baseando nos primeiros jogos, e vou utilizar boa parte do sistema Daemon para o jogo pois acredito que ele combina bastante com a pegada de sobrevivência e realismo. Vai ser minha primeira vez utilizando um sistema mais complexo, porém me identifico bastante com o Daemon.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.